Your session has expired.

Your authenticated session has expired due to inactivity. You can close this message and continue as a guest or sign in again before proceeding.

16 de Abril de 2014

Língua: EN ES

Motorola Solutions Anuncia os Resultados Preliminares do Primeiro Trimestre Fiscal de 2014

São Paulo – 16 de abril de 2014 – a Motorola Solutions, Inc. (NYSE: MSI) anunciou hoje seus resultados financeiros preliminares correspondentes ao primeiro trimestre de 2014. As vendas foram inferiores às perspectivas de receitas da companhia, primeiramente por conta de menor demanda nos negócios governamentais da América do Norte, bem como menores vendas antecipadas na área de Enterprise. Os lucros por ação não baseados nos PCGA estiveram dentro da faixa das perspectivas anteriores da companhia. Estima-se que as vendas do primeiro trimestre alcançarão aproximadamente US$ 1,8 bilhão, cerca de 9% inferiores às do primeiro trimestre de 2013. Espera-se queda mínima de um dígito nas vendas totais de 2014 e é previsto que as margens operacionais serão similares aos dados já informados. A perspectiva de vendas para todo este ano presume o crescimento da área de Enterprise e redução mínima ou média de um dígito para os negócios combinados de Governo e iDEN. A companhia proverá os resultados de lucros completos em sua convocação programada para o dia 1º de maio.

Estima-se que os lucros operacionais baseados nos PCGA durante o primeiro trimestre de 2014 alcançarão US$ 170 milhões, ou 9,4% das vendas. É previsto que os lucros por ação baseados nos PCGA alcançarão US$ 0,49.
Estima-se que os lucros operacionais não baseados nos PCGA durante o primeiro trimestre alcançarão US$ 212 milhões, ou 11,8% das vendas. Prevê-se que os lucros por ação não baseados nos PCGA serão de US$ 0,50, no contexto dos dados já informados pela companhia.

Greg Brown, presidente e CEO da Motorola Solutions, comentou: “As receitas trimestrais não atingiram nossas expectativas, principalmente pelo fato de o volume dos negócios governamentais da América do Norte ter sido menor do que o esperado; e também pela retirada de algumas ordens que a área de Enterprise realizou no último momento. Embora as receitas do primeiro trimestre tenham sido inferiores ao antecipado, temos plena confiança em que alcançaremos um crescimento lucrativo a longo prazo, baseado em nosso sólido posicionamento. Continuamos firmes em nosso compromisso de criar valor para os acionistas, por meio de estratégias que combinem um crescimento rentável com programas de rendimento de capital consistentes e significativos."

A Motorola Solutions anunciou a venda de sua área de mobilidade empresarial para a Zebra Technologies, por US$ 3,45 bilhões. O comunicado está disponível no site da companhia, em www.motorolasolutions.com/investor.

Conferência telefônica e transmissão via internet do primeiro trimestre

A conferência telefônica trimestral da Motorola Solutions está marcada para 1º de maio, às 8 horas, horário do leste dos EUA. A conferência telefônica será transmitida ao vivo, pela internet, com áudio e slides em www.motorolasolutions.com/investor.

Uso da informação financeira não baseada nos PCGA

Além dos resultados baseados nos PCGA desta apresentação, a Motorola Solutions incluiu a medição de resultados não baseados nesses princípios contábeis. Proporcionamos essas medições não baseadas nos PCGA a fim de ajudar os investidores a compreender melhor nossos principais resultados operacionais, melhorar as comparações dos principais números operacionais entre períodos e possibilitar uma comparação mais precisa desses resultados com os de nossos concorrentes. Entre outras questões, a gerência adota esses resultados, com exclusão dos elementos identificados, para avaliar tanto o rendimento das divisões de negócios como os relativos a determinados objetivos de remuneração por incentivos. A gerência usa os resultados operacionais sem incluir esses elementos, pois considera que isso lhe permite efetuar melhores avaliações entre períodos dos resultados financeiros das principais operações comerciais. As medições não baseadas nos PCGA devem ser entendidas como complemento das mensurações comparáveis fundadas nos PCGA, e a companhia compensa as limitações inerentes à adoção das medições não baseadas nesses princípios com o uso das que são fundadas nos PCGA, conjuntamente com as não baseadas neles. Em consequência, os investidores deverão considerar que essas medições não baseadas nos PCGA são acrescidas e não substituem nem são superiores às dos resultados financeiros preparados conforme os PCGA.

*A informação financeira não baseada nos PCGA não inclui, nos resultados baseados nos PCGA, os efeitos dos gastos por remunerações fundadas em ações, os gastos por amortização de ativos intangíveis nem os elementos destacados.

Elementos destacados: A companhia excluiu os efeitos dos elementos destacados (e qualquer reversão de elementos destacados registrados em períodos anteriores) de suas medições de gastos operacionais e receitas líquidas não baseadas nos PCGA, pelo fato de a companhia considerar que esses elementos históricos não refletem os lucros ou as perdas operacionais futuras previstas e não contribuem para uma correta avaliação de seus resultados operacionais atuais ou para as comparações com os anteriores.

Gastos por remunerações baseadas em ações: A companhia não incluiu os gastos por remunerações baseadas em ações nas medições não fundadas nos PCGA dos gastos operacionais e receitas líquidas. Embora a remuneração baseada em ações seja um incentivo-chave oferecido a nossos funcionários, e a empresa considera que ela contribui para as receitas obtidas durante os períodos informados e contribuirá para a geração de receitas em períodos futuros, continua avaliando seus resultados sem incluir os gastos por remunerações baseadas em ações, principalmente por representar despesa não monetária considerável. Os gastos por remunerações baseadas em ações serão novamente gerados em períodos futuros.

Gastos por amortização de ativos intangíveis: A companhia não incluiu os gastos por amortização de ativos intangíveis em suas medições não baseadas nos PCGA dos gastos operacionais e da receita líquida, fundamentalmente por representar despesa não monetária considerável e porque avalia seus resultados sem incluir os gastos por amortização de ativos intangíveis. A amortização dos ativos intangíveis é constante em quantidade e frequência, mas é afetada de maneira significativa pela oportunidade e pelo tamanho das aquisições da companhia. Os investidores devem levar em conta que o uso de ativos intangíveis contribuiu para as receitas da companhia obtidas durante os períodos informados e contribuirão também para as receitas de períodos futuros. Os gastos por amortização de ativos intangíveis serão novamente incluídos em períodos futuros.

Os detalhes dos mencionados elementos e das conciliações das medições não baseadas nos PCGA com as correspondentes mensurações fundadas nos PCGA podem ser encontrados no site web da companhia, em www.motorolasolutions.com/investor.

Riscos do negócio

Este comunicado de imprensa contém “declarações prospectivas” na acepção da legislação aplicável de títulos federais. Essas declarações são feitas conforme as disposições do porto seguro do Private Securities Litigation Reform Act de 1995 e geralmente incluem palavras como "acredita", "espera", "pretende", "antecipa", "estima" ou expressões similares. Não podemos dar nenhuma garantia de que os resultados ou eventos atuais ou futuros discutidos nestas declarações serão alcançados. Quaisquer declarações prospectivas representam apenas nossas opiniões hoje e não devem ser consideradas como representando nossas opiniões em qualquer data posterior. Os leitores são advertidos de que essas declarações prospectivas estão sujeitas a uma série de riscos e incertezas que poderiam fazer com que nossos resultados reais sejam diferentes significativamente das declarações contidas neste comunicado. Essas declarações prospectivas incluem, de modo enunciativo, mas não limitativo, os resultados esperados da Motorola Solutions para o primeiro trimestre e a perspectiva financeira para todo o ano de 2014, declarações a respeito da transação proposta para vender o negócio de Empresas para Zebra Technologies, e o retorno de capital aos acionistas. A Motorola Solutions adverte o leitor de que os fatores de risco detalhados abaixo e nas páginas 10 a 21 do Ponto 1A do Relatório Anual 2013 da Motorola Solutions, Inc., Ponto 1A do Formulário 10-K e em suas outras apresentações com a SEC, disponíveis sem custo no site web da SEC em www.sec.gov e no site web da Motorola Solutions em www.motorolasolutions.com, poderiam fazer com que os resultados reais da Motorola Solutions diferissem significativamente daqueles estimados ou mencionados nas declarações prospectivas. Muitos desses riscos e incertezas são baseados em fatores que não podem ser controlados pela Motorola Solutions e podem afetar as declarações prospectivas. Eles incluem, sem caráter limitativo: (1) o cumprimento das condições para o fechamento (incluindo a recepção das aprovações regulamentares) da transação para vender a área de Enterprise para Zebra Technologies; (2) o cronograma esperado para completar essa transação; (3) a capacidade da Motorola Solutions de devolver o produzido pela transação a seus acionistas e os tempos para realizá-lo; (4) a perspectiva econômica para as indústrias das comunicações de empresas e governo; (5) o nível da demanda dos produtos da companhia, particularmente se as empresas ou governos adiam ou cancelam compras em resposta a um crédito mais ajustado ou como resultado da transação pendente para vender a área de Enterprise para Zebra Technologies; (6) a capacidade da companhia para incorporar novos produtos e tecnologias dentro dos tempos adequados; (7) impacto negativo no negócio da companhia das condições econômicas globais, incluindo embargos aos Estados Unidos, que podem incluir: (i) contínuas prorrogações ou cancelamentos de ordens de compra por parte de clientes; (ii) a incapacidade dos clientes de obter financiamento para comprar os produtos da companhia; (iii) maior demanda para oferecer financiamento do provedor aos clientes; (iv) maiores pressões financeiras sobre comerciantes, distribuidores e terceiros do varejo; (v) a viabilidade dos provedores da companhia que poderiam não ter acesso ao financiamento necessário; (vi) os fracassos da contraparte que poderiam impactar de maneira negativa na posição financeira da companhia; (vii) modificações no valor dos investimentos que mantêm os planos de aposentadoria da companhia e outros planos de benefícios definidos, que poderiam impactar nas futuras contribuições para o regime de pensões voluntárias ou requeridas; e (viii) a capacidade da companhia de aceder aos mercados de capitais com termos e condições aceitáveis; (8) o impacto das flutuações no tipo de câmbio na companhia ao concorrer por negócios em mercados no exterior; (9) o resultado de assuntos fiscais atuais e futuros; (10) a capacidade da companhia para comprar materiais, partes e componentes suficientes para atender à demanda dos clientes, particularmente diante das condições econômicas mundiais; (11) riscos relacionados com a dependência de certos provedores, empreiteiros, distribuidores terceiros e outros representantes-chave; (12) o impacto no desempenho e os resultados financeiros da companhia, a partir de aquisições ou desinvestimentos estratégicos, incluída a venda do negócio de Empresas e as que possam ocorrer no futuro; (13) riscos relacionados às operações comerciais e de manufatura da companhia em países estrangeiros; (14) a capacidade creditícia dos clientes e distribuidores da companhia, particularmente daqueles que compram grandes sistemas de infraestrutura; (15) exposição por conta de contratos de serviços administrados e grandes sistemas, incluindo riscos relacionados com o fato de que certos clientes exigem que a companhia construa, seja proprietária e opere seus sistemas, frequentemente por um período de vários anos; (16) a titularidade de certos logos, marcas, nomes comerciais e marcas de serviço, incluindo “MOTOROLA”, por parte da Motorola Mobility Holdings, Inc.; (17) variabilidade nas receitas percebidas pelas licenças outorgadas pela companhia sobre sua propriedade intelectual a outros, além dos gastos incorridos quando a companhia adquirir propriedade intelectual de terceiros; (18) gastos ou passivos não esperados, entre os que estão incluídos resultados desfavoráveis em qualquer litígio pendente ou futuro ou procedimento ou regulamentação similar; (19) o impacto da porcentagem de dinheiro e equivalentes de dinheiro mantido fora dos Estados Unidos; (20) a capacidade da companhia para pagar futuros dividendos por possíveis condições de mercado adversas ou impactos adversos no fluxo de fundos da companhia; (21) a capacidade da companhia para recomprar ações por conta de seu programa de recompra de ações por possíveis condições de mercado adversas ou impactos adversos no fluxo de fundos da companhia; (22) o impacto de mudanças nas políticas, leis ou normas do governo; (23) as consequências negativas pela terceirização da companhia de várias atividades, incluídas certas operações comerciais, a tecnologia da informação e as funções administrativas; e (24) o impacto da atualização e consolidação plurianual escalonada por etapas de nossos sistemas de planejamento de recursos em uma única plataforma global. A Motorola Solutions não se responsabiliza pela atualização pública de quaisquer das declarações prospectivas ou fatores de risco, seja como resultado de informação nova, eventos futuros ou outros.

Contacts
Motorola Solutions Media Contacts

Please wait...